Câmara concede Moção de Aplausos ao CIEP Municipalizado 465 pelos seus 25 anos de existência e prestação de serviços na educação pública .

por ANA CAROLINA PEREIRA MAIA publicado 21/11/2019 19h35, última modificação 21/11/2019 19h36
A Sessão aconteceu nesta quinta-feira (21).

Por meio da Indicação do vereador Presidente Luciano Pessanha, a Câmara Municipal de Quissamã concedeu na noite de hoje, quinta-feira (21), a Moção de Aplausos n° 03/2019 ao CIEP Municipalizado 465 Dr. Amilcar Pereira da Silva pelos seus 25 anos de existência e prestação de serviços na educação pública

Estiveram presentes os vereadores Luciano Pessanha, Calico Leite, Leone Cordeiro, José Borba, Luiz de Acil, Marcos Silva, Xande de Moreno e Chiquinho Arué.

A Sessão Solene também contou com a presença do secretário de Educação Robson Serra, o Subsecretário de Educação, Ailson Belarmino, Angelo Barreto Leaubon (Diretor Geral do CIEP), Jandra Machado Lemos (Diretora Pedagógica), José Henrique dos Santos Abreu (Diretor Administrativo), Bruno de Oliveira Souza (Diretor Comunitário), professores em geral, funcionários da equipe pedagógica, equipe da COGEP da escola, além da presença das vereadoras Jovens representantes do CIEP, Luana Avênia e Isabelly Tavares. A horaria foi entregue pelo vereador autor da Moção, Luciano Pessanha ao Diretor Geral do CIEP senhor Angelo Barreto Leaubon. 

 

Justificativa da Moção:

O Vereador que a esta subscreve nos termos do inciso XXI, do artigo 17 da lei Orgânica Municipal e inciso XII, parágrafo único do artigo 104 do Regimento Interno da Câmara Municipal, formula a presente Moção de Aplausos e manifesta as suas congratulações ao Ciep Brizolão 465 Dr. Amilcar Pereira da Silva, por seus 25 anos de Ensino Aprendizagem e Formação Íntegra do Cidadão.

A Câmara Municipal de Quissamã, expressa seu reconhecimento a esta Instituição de Ensino, pelos longos 25 anos, contribuindo para a educação pública, pelo brilhante e qualificado trabalho que vem também fazendo pelos alunos. Merecendo assim, referência ao vínculo construído entre a escola e a comunidade escolar. Pais, alunos, ex-alunos, professores aposentados, somam-se neste processo de implementação de ações que alavancam o crescimento educacional.

 

Sobre a Escola: 

 Os Centros Integrados de Educação Pública (CIEPs), popularmente apelidados de Brizolões, foram um projeto educacional de autoria do antropólogo Darcy Ribeiro, que os considerava "uma revolução na educação pública do País".  


Hoje a Equipe Gestora da escola formada por Angelo Barreto Leaubon (Diretor Geral), Jandra Machado Lemos (Diretora Pedagógica), José Henrique dos Santos Abreu (Diretor Administrativo), Bruno de Oliveira Souza (Diretor Comunitário), atua com 130 funcionários, 980 alunos e comunidade. Administram um prédio que conta uma Biblioteca, Refeitório, Cozinha, Sala de Leitura, Sala de vídeo, Auditório, 18 salas de aula e quadra de esporte.

O Ciep 465 foi implantado em 27 de junho de 1994 e inaugurado pelo governo do Estado do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, em ato público no Rio de Janeiro, com endereço na Rua Edval Barcelos, nº 220, no bairro de Caxias, município de Quissamã.

 Era uma escola de educação integral atendendo a alunos oriundos dos bairros com população carente. Tinha como Diretora Geral na época, a senhora Roseli Barreto Monteiro, Diretora Pedagógica Anna Maria de Oliveira Nascimento, Diretora Comunitária Ana Beatriz Pereira Chagas Barcelos e depois Alexandra Gomes Mathias Neto e Diretora de Manutenção, Dalila Soares Pereira.

 O processo de municipalização do CIEP se iniciou em 13/12/95, devido à necessidade de ampliação da rede municipal.

Recebendo o nome de Amilcar Pereira da Silva o CIEP era um prédio de estrutura gigantesca na época com Biblioteca, Refeitório, Cozinha, Laboratório de Informática, Laboratório de Leitura, Laboratório Odontológico, Sala de Leitura, Sala de Vídeo, Auditório, Oficinas de Dança, Teatro, Artes, Música e 18 salas de aula e Quadra de Esporte coberta.

Hoje, a escola é referência em educação, visa desenvolver projetos políticos pedagógico voltado para a inclusão social, humanização e capacitação.

 Na área de inclusão social, no que se refere à inclusão digital, a escola avança gradativamente e significativamente através de parcerias, reativando seu laboratório de informática com internet banda larga à disposição da comunidade escolar.

 Já para os alunos portadores de necessidades especiais, a escola disponibiliza oficinas diversificadas, sala de jogos com orientadora exclusiva da educação Inclusiva. Recentemente, o CIEP foi premiado na FECTI 2018, concorrendo com várias escolas do Estado, até mesmo escolas particulares, e recebeu 1º lugar no Estado do Rio.

 Em 2018, o CIEP foi a única escola de Quissamã a receber 2 menções honrosas na Olimpíada Brasileira de Matemática, ganhando premiações também no concurso de poesia municipal. Elegeu 2 alunos delegados da infância e da juventude, e vários concursos com a Banda Musical - Corporação Magnólia Ribeiro Barreto , e muitas outras premiações.

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.